Empreendedorismo e o Mito da Caverna de Platão

Um dos contos mais famosos – se não for o mais famoso – da história da filosofia é o mito da caverna do filósofo grego Platão.
A história é simples: prisioneiros nativos e cativos estão em uma caverna desde sempre. Percebe-se que estão acostumados com a realidade que se mostra diante de seus olhos. O olhar customizou-se com o escuro. Confortável é a sensação de saber que as sombras são reais e que nada precisa ser feito. Contudo, sempre tem alguém diferenciado. Alguém que foge da realidade. Algum insano que não se acostuma com aquilo que tem diante dos olhos e sabe que pode, através de suas próprias decisões, mudar a situação que se encontra e de seus semelhantes.

O drama da história segue. Um dos prisioneiros consegue sair da caverna. Teve que sair de sua zona de conforto. Os olhos não estão acostumados com a luz. A sensação é sempre estranha quando nos deparamos com coisas novas. Porém, aos poucos tudo começa a fazer sentido. Percebe-se que a caverna é uma realidade limitante que fora imposto a ele e que não se faz necessário acreditar em nada para viver. É possível viver com mais vida, cores, cheiros… é possível viver e não apenas sobreviver!

É a hora de uma tomada de decisão: compartilhar sua visão para os demais que ficaram na caverna. Ao contar sua experiência, riem dele e debocham. Ele não consegue segurar para si a realidade que transborda agora nele. Ele não consegue entender como as pessoas conseguem aceitar tanta limitação e viver presas em correntes sendo que há uma vida maravilhosa para ser vivida.

O empreendedor é como esse ex-prisioneiro. É aquele que enxerga a realidade fora da caverna. As sombras não lhe cabem mais. Porém, algo estranho acontece: é avacalhado, açoitado e tido como louco. Mas, quem disse que a vida tem que ser como a realidade que você tem visto e vivido? Já parou para se questionar por que é que você tem que trabalhar X anos e só então se aposentar e viver verdadeiramente? Quem disse que outros devem mensurar quanto você vale por hora, aliás, quem disse que devemos simplesmente trocar o nosso precioso tempo por dinheiro? Questionamentos que mudaram minha vida…

É urgente mudar nossa mentalidade sobre o que é um empreendedor. Ele não é aquele que cria multinacionais bilionárias apenas. Empreendedor é aquele que soluciona problemas e isso todos são capazes de fazer (aliás, é o que todos somos chamados a fazer diariamente) desde que comece a enxergar que a realidade vista não é necessariamente a realidade que deve permanecer. E, ao invés de esperar que outrem mude a realidade ou ligue a luz, parte de si mesmo o desejo de fazer algo por si mesmo (pois, no final das contas quem mais deve se importar com você é você mesmo).

Tome a decisão de sair da caverna ou ao menos de dar crédito àqueles que já saíram. Sucesso a todos!

David E. Luzetti Filho é empresário, palestrante e professor de filosofia.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s